quarta-feira, 17 de setembro de 2008

COMO É DÍFICIL O FÁCIL...

No B do B...desta data, fiz uma postagem falando dos meus amigos(as) e de J.R.Balestra, um bom companheiro e fidelíssimo em comentar meus escritos, assim como eu aos dele. Quem quiser ver é só ir ao B do B. http://nsides.blog.uol.com.br

O ano, 1985 o mês Junho pleno inverno, estou tocando uma pequena empresa de identificação e equipamento de identificação para empresas. Vou participar de licitação para fazer às carteiras da policia federal e dos fiscais do estado. Não fazem duas semanas ganhei a licitação para fazer as carteiras da policia civil do estado, evidentemente que a cidade é São Paulo e estou ansioso, pois se ganhar essas duas licitações, fico com o campo para editar documentos de todo o estado e da união. Subo ao andar do Centro Administrativo e meus concorrentes já chegaram sou o último, mas estou no horário! Após breve relato e recordação das regras, o diretor procede à abertura dos envelopes e Bingo, fui o felizardo das duas licitações. Senti ligeiro mal'estar nos concorrentes, pois era a quinta licitação seguida que eu abocanho, mas dentro de estrita ética e honestidade, ocorre, que sou o fabricante e consigo matéria prima, mais barata, dai meus preços serem imbatíveis. Informei minha secretária do fato, e dirigi-me ao Parque de Exposições Imigrantes, pois teria seis dos meus animais(cavalos manga larga), expostos e participando de provas! Aproveitaria também, para conhecer a nova administradora do parque, porque segundo soube, estava interessada em uma empresa para os cráchas do eventos que começaria na sexta-feira(hoje é quarta), com certeza serviço para ontem!
Ao seguir para o centro administrativo, encontro com uma velha amiga do Tribunal de Justiça, alocada para a área de eventos do governo, após os tradicionais beijos e abraços, rapidamente me contou sua transferência, brincando que deixou o tribunal, porque eu teria deixado de advogar...Risos e assuntos outros, perguntei-lhe quem era a nova administradora e como era...Nova, velha, amável, azeda, técnica, formal...Enfim indaguei, as informações que julgará pertinentes a conversa que iria ter! Despedida e entrei no setor administrativo, solicitei a recepcionista que informasse de minha presença e aguardei...
Passados alguns minutos, fui chamado e uma secretária escoltou-me até a sala da referida senhora. Ao passar a porta olhei para a mesa, e em pé por trás da mesa, estava uma mulher de 1,68 de altura, castanho alourado no comprimento que gosto, olhos verdes que pareciam esmeraldas, um apetitoso(pareciam)par de seios, uma cintura interessante, um belo pandeirão e muito bem vestida, idade chutei uns 28 anos(na verdade tinha 31).
Confesso não não consegui esconder meu entusiasmo com uma mulher tão bonita e nova a frente daquele empreendimento. Apresentei-me e passamos conversar sobre trabalho, porém não pude deixar de notar um brilho diferente em seus olhos a cada vez que me olhava, faiscante...continuo! Dali liguei para a secretária e cancelei todos os meus compromissos naquela
tarde. Fui ver meus animais nos currais reservados "e ela atrás", conversei com o tratador "e ela ao lado" encontrei com amigos criadores " e ela junto" por fim almoçamos juntos e ela me propôs participar do evento também como patrocinador me oferecendo um bom pacote de publicidade com um marketing bem simples que incluía um show sertanejo nos dois últimos dias. Concordei e já pelas 16:00 hs, retirei-me para meu escritório, pois deveria reunir-me com vendedores e gerentes setoriais. Mas aquele mulher ficou em minha mente martelando...e lembrando-me de suas formas, lindas formas!
Nos dias subsequentes, pelo menos duas vezes passava pelo parque e ela sempre muito ocupada, sem poder ausentar-se e às coisas no parque encerravam-se por volta da 23:00hs e eu sabia que ela estava super cansada. Teoricamente não havia nada, porém no ar, existia uma cumplicidade um cheiro de quero você reciproco! No outro final de semana, um piloto da equipe Wolksvagem de show acrobático, iria vir de Judiai interior de São Paulo, até a Marginal Tietê cidade de São Paulo, com carro em duas rodas (eu era um dos patrocinadores deste louco), usei então o acontecimento para divulgar também a exposição no Parque, devido a cobertura de emissoras de TV que acompanharam o feito! Ali ficou explicito que os dois se queriam, pois em determinado momento o beijo foi inevitável, forte, molhado, intenso e demorado, uma amiga dela que estava ao lado retirou-se ruborizada, com os dois aos chupões. O cara conseguiu andou de uma cidade a outra em duas rodas...Um espetáculo.
Daí para frente foram leilões, disputas, premiações, shows desmonte de espaço, retirada dos animais, acompanhamento até o haras, volta a São Paulo, meu trabalho, acerto de contas e nada de conseguir-mos um tempo para nós! Já estava achando, que havia apagado o que eu achava que era "fogo" Naquela noite ela ligou para minha casa e conversamos ficou de ligar no dia seguinte para marcarmos algo.
Dia seguinte 7:00 hs da manhã, telefone toca ela informando que sua melhor amiga havia falecido, para perdoar etecetera e tal...Sem problemas!
Passaram-se cinco dias e apesar de continuar com ela em pensamento não fui atrás, não é de meu jeito correr atrás de mulher...Termina uma reunião, minha secretária ultima os detalhes de uma nova licitação, todos despedem-se e fico sozinho no escritório, reviso uns contratos, repasso umas contas e preparo-me para ir a luta...Pensava em uma boate de São Paulo, pois era noite de desquitados e sempre rendia...Fechei o escritório e sai.
Quando estou saindo com o carro do pateo, percebo um outro veículo a piscar os faróis, desligo, desço e dirijo-me ao carro em questão o vidro se abre e ela aparece sorridente " - Oi Bethão, surpreso? Sim de modo geral foi uma surpresa, pois pensava em outras coisas aquele momento.
Não quis forçar a barra e convidei-a para um drink ou um vinho sei lá, conversarmos um pouco, pois até aquele momento estivemos juntos diversas vezes, mas não conversamos sobre nós! O Bar escolhido, era de música ao vivo(MPB) e ele tinha uma bomba de gasolina na porta com os dizeres " Vendemos álcool após as 20:hs" (alusão a época, pois os postos de combustíveis, fechavam neste horário)
Conversa esclarecedora, é sempre bom conversar, pois ficamos sabendo o que temos pela frente...Pedi a ela para ligar para o irmão vir buscar o carro dela e enquanto esperávamos em meu carro, ela sentou-se em meu colo, e ficamos a nos beijar loucamente como se fossemos engolir um ao outro, nosso envolvimento foi ficando tão quente que esquecemos estar na calçada de uma das ruas mais movimentadas na noite de SP. Tanto que quando seu irmão chegou, levamos um baita susto, com ele batendo no vidro do carro. Dali fomos para o Motel de minha preferência ou poderia dizer que eu era freguês de carteirinha!Lá chegando, fomos direto para a piscina e com muito vinho nós...Bem meus queridos(as), vocês não esperam que eu vá contar o que aconteceu ? Pensem ou como dizem façam seu filminho...Beijos para que é de beijos e braços para quem é de abraços

17 comentários:

Jeanne disse...

Betho, o outro blog não abriu mesmo, acho que está muito pesado.
Sugestão: deixa um recadinho lá passando pra este aqui que afinal acho que vai ser a casa definitiva.
Obrigada por ter me incluido entre os amigos, fiquei super feliz, saiba que a recíproca é verdadeira.:)
Beijos

d*sonhos disse...

Betho, mais uma história da tua vida q me deixou muito surpresa...não pelo fato de vc ter ficado com a menina, mas como vc consegue prender a atenção até o finalzinho...pensei q fosse dar em casamento...hehehe, muito gostosinho te ler, ver o relato pelo lado masculino.

beijos meu querido!

Landinho disse...

Esse meu amigo galã e sedutor.

paula barros disse...

Já li BB notícias, BB carros, BB motos, BB humor, agora leio BB Betho por Betho. Interessante. Se eu que não escrevo assim, já me supreendi com alguns e-mails, imagino você agara depois dessa divulgação dos seus feitos.

abraços

Príncipe Tito disse...

Parabéns Bethão...Conquistador !!!Será ela uma das minhas vizinhas ???

Marcelo disse...

Ah fala sério Betho, pensei que iria dar detalhes do ocorrido. Parabéns pelo novo espaço.

J. Blanca disse...

Meu Deus, isso foi um aprendizado! e definitivamente amigo, o Blogspot é demais na minha opinião, tambem fiz um, da uma olhada, demorei mas cheguei no novo espaço, um abraço.

sergio ricardo disse...

To virando fã das suas histórias reais. Mas esperava outro desfecho para o caso e vc, "tirou o doce da boca da criança". Brincadeirinha....rsrsr continua escrevendo bethão..é beleza mesmo. abraço

Grace Olsson disse...

AMIGO, O SEU O0UTRO BLOG NÃO ABRE.
EU ESQUECI DE TE DIZER FAZ TEMPO QUE TENHO AMIGOS Q1UE HOSPEDOU BLOG LÁ E DO NADA DESAPARECERAM OS POSTS.
OLHA,C ASO PRECISE DE ALGUMA COISA AQUI CONTAS COMIGO.
NÃO SEI MUITA COISA MAS O QUE SEI DÁ PARA O GASTO.
MENINO, EU FUI NA NORUEGA FOTOGRAFAR OS FJORDES. FIQUEI UM DIA SÓ FORA DA\ AULA NUMA E LEVEI AS LIÇÕES COMIGO.
NÃO SOU DE FALTAR NÃO MAS PRECISAVA IR LÁ. BREVE VIRÁ O INVERNO E AQUILO LÁ FICA TERRÍVEL, AS ESTRADAS SÃO INTERDITADAS POR CAUSA DA NEVE.
BEIJOS E DIAS FELIZES

Tatah Marley's Confissões disse...

Adorei a historia, prende a atenção de qualquer um!
x)
blog delicioso!
beijinhos

Marcia Ceschini disse...

ola Betho, vim retribuir a visita. O pessoal do seu blog roll e vc são bem poéticos. Gosto do assunto, já escrevi velhos temas.. rs
beijocas

loba disse...

Eu sabia que vc era um ótimo contador de histórias. Ninguém me disse, mas eu sabia!!! rs
Taí, tou gostanto imensamente mais deste BT!!! Agora te sinto mais perto, viu?
Amei as histórias. E sei que muitas outras serão contadas - pq vida vivida não te falta né?
Beijo! Grandão!

loba disse...

ah... só pra repetir: definitivamente não consigo abrir a cx de ocmentarios do outro blog!
Não saia deste tá? Fica quietinho aqui!!! rs...
Mais beijos

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Betho.
Bela narrativa!
E, pelo visto, você é um sedutor e tanto... :-)

Boa sexta! Mas cuidado com a cerva!

Beijos mil! :-)

Chuvinha disse...

Quase tive um ACESSO de ciúmes...rs. Saudades querido! Escreves muito bem!

Tereza Freire disse...

Revelações do Betho! Olha só! Pra quem escreve sobre carros e motos, você tá mostrando que entende bem de máquinas... rsrsrs. O texto tá ótimo, amigo e a história também. Beijos.

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom