segunda-feira, 6 de outubro de 2008

AMOR VIRTUAL...REAL AMOR

Uma tarde de verão como outra qualquer, porém estava para acontecer uma mudança na vida daquele cidadão! A luz na notificação piscava incessantemente, "ju22 conversa"! Quem é essa pessoa? " - Oi ! - Oieeeeeeeeeee, tudo bem? - Desculpe eu te conheço? - Acho que sim, sou Jucélia do Blog Tantasvezes" Ele já havia comentado algumas vezes naquele blog, a dona do espaço tinha uma temática em sânscrito e religiosidade, sua formação professora, casada e filho, idade 46 anos (+ou-). "- Que prazer Jú!- Em que posso ajuda-la? -Foi sobre o comentário que vc fez!? -E? - Bem Jô, vc entendeu o que escrevi? - Sim Jú! Entendi e meu comentário foi no sentido de lhe ajudar, na globosfera tema complicados não trazem audiência" -Eu sei, mas passou-me a impressão de que vc não havia entendido! Ele explica para ela sua posição dentro do texto em discussão e ela concorda com ele! Ali estava nascendo algo muito grande, maior do que os dois poderiam sonhar. Aos poucos eles foram descobrindo coisas em comum, muitos desejos e gostos parecidos, testemunhos de fatos ocorridos, presença em épocas distantes, mas muito perto espiritualmente, signo, data de nascimento, eram tantas coisas que descobriam dia-a-dia, no site, no msn nos e-mails, enfim eles eram almas gémeas, e encontraram-se depois de muitos anos passados. Mas tinham um problema ela é casada...
Ela compra um celular só para falar com ele, msn e e-mails já não é suficiente, precisam se ver para não eternizar "Nunca te vi, sempre te amei"Os meses passam, alguns problemas com ele, atrasam o encontro. Mas recupera-se, ela o ajuda e as coisas caminham para transformar virtual em real... Estamos perto do Natal, ela não aguenta ficar mais longe! Pergunta-se como fui apaixonar por ele? Relembra o mês de maio, estavam conversando e ele escreveu... "-Sabe! Eu estou te amando"...Ela ficou ruborizada e apesar dele não estar vendo, ficou envergonhada, afinal ela cheia de princípios, família tradicional, moral acima de suspeita...Falando de amor, com um homem que ela nunca viu!? Será que estou ficando louca? Dias depois ela escreveu "Olha eu cheguei a conclusão que não adianta me enganar...Eu também te amo!" Ele é solteiro (separado), vive uma vida regrada, mas tem seus problemas! Quanto escreveu para ela dizendo que estava apaixonado, ficou alguns dias sem dormir, pensando será possível...Nem a conheço! O fato é que o amor progrediu e agora estão a poucos dias de conhecerem-se. O mês é Dezembro, estão a duas semanas do Natal, ele liga para o celular dela...- Oi amor! - Oi vida! - Como você está? - Bem amor, agora mais ainda! - É porque? -Estou no Hotel Ambassador, a três quadras de sua casa!Ela fica muda ao fone, seus pensamentos embaralham, ela quer falar, mas a emoção é maior, seu coração insiste em querer sair pela boca... -Ambbba...sssadddor...Mas a gente tinha combinado que vc me avisaria?! - Bem se vc quiser eu vou embora? - NÃO! - Deixa eu pegar fôlego! Estou surpresa só isso. -Bem vou levar, o menino na escola e me encontro com vc! - Poxa, não terei tempo de me arrumar para vc! - Venha como vc está! - Não esquenta. Ele desliga e ela começa a corrida contra o tempo, pede help a sua secretária para ajuda-la com o cabelo, não dá para ir ao salão...Claro ela sempre está linda, frequentadora de salão finíssimo, sempre com boa aparência, mas em sua cabeça, quando tivessem combinado ela ficaria três dias se arrumando para ele. Ledo engano ele está a três quadras de sua casa e sua vida um reboliço. Da o almoço para o filho, leva-o para escola e segue ao encontro dele. Encontram-se em um shopping no centro. Ela aproxima-se e lá está ele sentado em um barzinho, calça bege, camisa azul clara, cinto e sapatos combinando, cabelos muito bem penteados "grisalhos" e a barba bem feita no mesmo tom...Ele a reconhece e solta um sorriso, levanta-se e fica admirando aquela mulher linda que aproxima-se, pequena (1,60 altura), linda, loira, olhos castanhos claros, usa uma calça jeans e meia bota com salto altíssimo, uma blusa branca maravilhosa que mostra e esconde seu colo, seus olhos estão umedecidos, ela esboça um sorriso, mas não contem às lágrimas, ele tenta segurar, mas pelo canto dos olhos umas lágrimas escapam...Ao contrário do que desejava fazer, beija-á na testa e diz baixinho no ouvido dela, enfim estamos nos vendo...Precisam falar, contar, tocar-se, conhecer, analisar e comparar o que virão nas fotos durante quase um ano e ao vivo e a cores!
Ele deixa-á a vontade para dizer o que pretende fazer, porém tanto conversaram que às horas passaram, e logo terá que buscar o menino. Dia seguinte ela corre com seus afazeres...Que na verdade é ficar mais bonita, pois tem secretárias para fazer o serviço...Pede para uma amiga levar o guri para escola e vai de encontro ao Jô...Pergunta na recepção do hotel por ele, não é o mesmo hotel ele tomará o cuidado de reservar outro hotel longe da casa dela, também 5 estrelas. Ela segue de elevador e ao chegar ao andar, a porta abre-se e lá está ele com um sorriso e um conjunto de bermuda e camiseta Polo. Ela exuberante em um vestido de grife italiana e salto...Na suite, ele a toma nos braços erguendo-a e beija longamente uma energia elouquecedora resulta daquele beijo, ambos apaixonados e querendo esse encontro a mais de 10 meses, carregada no colo ele coloca-á delicadamente na cama, e devagar começa a despi-la sempre mordendo seu pescoço, ou queixo, mordiscando levemente o lóbulo da orelha e sussurrando "-Eu te amo, vida", o conjunto sutiã e calcinhas era branco com renda muito lindas e seu corpo exala um perfume francês inebriante. Ele beija sua boca roçando o céu da boca com sua língua e chupa a língua dela e morde, desce ao seios lindos de bom tamanho e perfeitos, beija, suga, morde lambe delicadamente, passa a língua por todo ele(s) e desce em direção ao umbigo, beija, morde e vai em direção ao sexo dela, como se fosse engoli-lo! Ela geme, contorce, grita, fala baixinho, diz que o ama e se entrega de corpo e alma, retribui os carinhos e seus corpos procuram o êxtase de duas pessoas que se amam e querem mais...A Essência do amor!
Mais três dias, acontecem os encontros e no quarto dia ele retorna para o seu Estado, combinam de que vão ficar juntos, mas ela ainda tem uma batalha pela frente, separar-se do marido amigavelmente. Será que isso vai acontecer...?
Essa é uma história de ficção, qualquer semelhança com vida real é mera coincidência.

25 comentários:

Príncipe Tito disse...

Espero a resposta...

d*sonhos disse...

Betho, esquecei até da minha realidade, mergulhei no teu conto e na imaginação...rsrsrsrs...uma perguntinha, vai continuar?

beijinhos doces prá ti!

EternaApaixonada disse...

Betho,
você escreve tão bem!
A imaginação de sagitariana voa longe... risos
Também estou na primeira fila aguardando o desenrolar e ou demais contos...
Tenha um semana de muita inspiração!
Beijos sonhadores

Pedro Ivo disse...

Estou a concluir que apenas eu não tenho sorte nesse mundo virtual. R.

Belo conto Betho, como sempre, vc arrasa.

Ana Luiza disse...

Meu amigo! Vou te dizer: o melhor termômetro é todo mundo estar esperando a continuação dos teus textos.. ficção nota MIL! E adivinha...? A romântica aqui, tá babando....rsrs. Parabéns. Texto bom, pra mim, é aquele que leio até o final sem pular uma linha sequer. Bj grande.

Roberta.rj disse...

Betho,estou em êxtase depois de ler tão lindo texto. Meu querido, é dado a poucos o dom de escrever com tamanha destreza, que nos envolve e emociona.Quem ficou com os olhos embebecidos de lágrimas foi a romântica, apaixonada aqui do outro lado da tela...
Beijo meu amigo e espero o fim da estória, feliz ou não...
ROBERTA

loba disse...

Com alguma variante, posso dizer: sei o que é isso! E tem muito mais de realidade que ficção, BT!
Mas eu tou gostando um tantão deste seu lado contista, viu? Pena que ando postando conpulsivamente e sem tempo pra visitar os amigos. Mas aqui eusempre volto - aqui quero sempre estar! rs...
Beijoconas

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Betho.

Nossa!!!! Tá arrasando, Betho!!!
Esse conto é excelente. Será que vai ter continuação? :-)

Ótima terça para você.

Beijos mil! :-)

Márcia disse...

Muito sentimento neste texto....Bonito!!!


VOCÊ não entra na vida
das pessoas apenas,
para ser mais um,
e sim para deixar algo de bom ...
para marcar...para somar...para ajudar.
É por isso q estou passando aqui
no seu cantinho...
Vc é muitooooooo ESPECIAL!!!

Bjs...# *****Marcinha*

paula barros disse...

Ai, que meu amor nunca faça isso sem me avisar. Ufa! só de pensar fiquei com as mãos suando. rsrs

É, nesse mundo virtual tem de tudo, de louco a afoitos...

Betho você me deixou nervosa.

abraços

Anônimo disse...

....Faltou uma trilha sonora...posso sugerir um Brian Ferry (Slave to Love) ou Sade (By your Side, No Ordinary love...)e algum vinho...para dar coragem....e descontrair para as coisas acontecerem como devem....

Oliver Pickwick disse...

O mundo de Matrix invade o mundo real. Qualquer dia, haverá pouca diferença entre estes dois universos.
Um abraço!

P.S.: Obrigado pela visita e palavras gentis deixadas lá no condado.

instantes e momentos disse...

muito bom,muito bom.
Abçs Betho.
Maurizio

Cherry disse...

Eu tô querendo entender pq "conjunto sutiã e calcinhas era..." está destacado no texto...
Enfim!


Beijos!

Eärwen Tulcakelumë disse...

Betho,

Tuas carinhosas palavras deixaram um rastro de alegria em meu mundo, onde és bem vindo.
Gostei muito do teu espaço e tenha certeza de que voltarei mais vezes.
Escreves de uma forma envolvente, teces as palavras com mãos de mestre! Parabéns por isso.

Pérolas incandescentes de inspiração, banhadas no rio de lava do meu mundo.

Eärwen

daniel disse...

Bheto

Um bom conto, tem o aviso de ficcionado. Porem conhecem-se variadas histórias de amor real que começam desse jeito, em ficaram felizes para sempre.
Realmente o tema sedução amorosa é fértil, para a imaginação, como a que aqui deixas transparecer.
Abraço,
Daniel

Bandys disse...

Betho,

è depois do virtual, o real nunca mais sera o mesmo...hahaha

Gostei da "estoria".

Grande beijo

Ainda estou com gesso...so tiro dia 17

Camila disse...

Adoro amores virtuais... reais amores!
Beijos

paula barros disse...

Ei, estraga prazer, quem disse que Pedrinho não vai aceitar. rsrsr

Mas que os lábios dele são tentadores são. No dia que ele vier caminhar comigo e bater fotos nas ladeiras de Olinda, eu roubo um beijinho. rsrsr

beijos para ti.

TODO NOSSO disse...

Bota coincidencia nisso...kkk
a diferença é q ja conhecia a vitima,kkkk,ja estava me separando...
vixi,Bjs Bruxao,vc é bruxo mesmo!!!
ah em relaçao ao seu ouro blog,te demais!!
li o penultimo post,pois o último nao abriu, mas educação é e sempre será a verdadeira causadora da mudança no indivíduo,educadores,assistentes sociais,hehehe,etc,temos q q resgatar a autonomia do indivíduo!!!
mesmo assim,muitos nao aceitam,mas nao desistimos!!bjs da bruxinha!!!bj mágico!

Bruno Sapo disse...

Não sei pq esse texto me lembrou a célebre frase "o mundo imita a arte e a arte imita o mundo"

Belo texto!

Volte mais vezes.
Obrigado pelas (boas) críticas!

Abraço

SAPO

Ricardo Rayol disse...

Já que é ficcional, quase uma fricção, vou apendar um anexo... aos beijos ele subitamente pede para vendá-la, ela inocente atende seu singelo pedido, crente que era alguma surpresa que ele havia preaparado. As cordas em seus pulsos foram realmente uma surpresa, ela perguntou o que ele estava fazendo. Ele, sussurrando em seu ouvido disse que não se preocupa-se. Era apenas uma forma de amor e prova de confiança que ela deveria ter nele. Ela, embalada por seu coração balzaquiano anuiu. Estranhou também a posição em que foi colocada. E o inesperado entrar de um taco de beisebol em seu traseiro foi um grande susto. No dia seguinte, um corpo retalhado e arrombado foi encontrado em um lixão fora da cidade. Trazia na face a surpresa e inocência, deixou marido e filho pequeno.

(desculpe meu amigo, foi digamos irresistivel)

teresa disse...

ah, pode acontecer sim. eu conheço uma estória verdadeir nessa linha aí: o meu filho, que se casou no mês passado, "namorou" durante 4 anos a mulher dele pela internet, que morava na Inglaterra. Só se encontraram quando eu vim para Paris, há 4 anos. Pode?

vilminha disse...

Betho, tem coisas que acontecem por afinidades ou carências mutuas e vão evoluindo e desabrocham em amor afinal o amor é conquistado e cultivado e muita gente conquista e esquece de cultivar. O virtual do real, não tem muita diferença a complicãção e não complicado porque também pode-se olhar pro lado e um dia descobrir-se apaixonado no real por outro que se tem afinidades e aí que fazer? viver infeliz? Nunca, ir ao sonho e deixar que o outro tenha o direito de ir sonhar. Quero ver o final dessa história. Também tem outra coisa atração é diferente de amor, vamos ver lá o que é no seu conto, eu espero o desfecho. Mas o que li até aqui me deixou muito digamos ...emocionada. Beijos e ate breve

Donna disse...

Nossa, viajei muito nas tuas palavras. Quero muito saber o desfecho dessa história. Também tenho um amor virtual e o que mais queria era conhecê-lo pessoalmente.